Iniciativa cearense

Casa desmontável de 50 m² custará R$ 65 mil

Produto chamado de Casa Conceito foi criado pela Indústria de Artefatos de Materiais e Projetos (Gram-Eollic)

00:00 · 15.06.2017

Uma empresa cearense promete revolucionar o mercado da construção civil através de uma ideia ecologicamente sustentável. Em busca de levar mais conforto com custos menores, a Indústria de Artefatos de Materiais e Projetos (Gram-Eollic) elaborou a Casa Conceito, moradia desmontável que pode ser levada para qualquer lugar e com preço abaixo do mercado. O padrão, de 50 metros quadrados (m²), custará R$ 65 mil, com duas suítes, sala, cozinha americana e closet.

De acordo com o presidente da Gram-Eollic e cientista industrial, Fernando Ximenes, a casa pode ser montada em três dias e desmontada em menos do que isso. “A casa padrão toda pesa 800 quilos, então dá para transportar ela até em uma ‘Kombi’. Se a pessoa quiser se mudar, pode levar a casa junto de maneira fácil”, explica.

“A ideia também é que cada casa venha com um manual de instrução para que o próprio morador a monte. Ela tem montagem fácil que pode ser feita com poucas ferramentas”, acrescenta Fernando Ximenes. A estrutura é feita de alumínio e além de dar a rigidez necessária oferece uma boa acústica e ambientação térmica que se adapta tanto ao clima semiárido quanto a temperaturas mais frias.

Instalações

A Casa Conceito pode ser alimentada com energia solar e as placas fotovoltaicas já estão inclusas no projeto padrão. “O cliente pode ter uma necessidade maior de energia, por exemplo, e aí vai requerer um sistema mais pesado e isso terá que ser pago por fora”, afirma o cientista. Quanto à rede de esgoto, Fernando esclarece que o cliente terá que pedir a instalação à concessionária local, da mesma forma se ele quiser a rede elétrica convencional. “No entanto, é possível construir uma fossa própria e comprar um poço salobro para ficar totalmente independente”, acrescenta.

Image-2-Artigo-2256166-1

A estrutura da casa é feita de alumínio, que confere a rigidez necessária e oferece boa acústica e ambientação térmica

Personalização

A casa padrão do projeto, de 50m², é totalmente adaptável também às necessidades do consumidor. “Ela pode ser feita com 50m², 80m², 100m², o tamanho que quiser. Mas para isso será preciso contratar um arquiteto para fazer o projeto arquitetônico à parte. O preço do metro quadrado, no entanto, se mantém”, esclarece Fernando Ximenes. Outros detalhes que podem ser escolhidos é o piso e pintura das paredes.

O projeto padrão vem com janelas e portas de vidro para gerar uma ideia de conjugado com o espaço de fora, mas que podem ser substituídas por peças de madeira ou outro material a ser sinalizado na nova planta a ser feita. “A Casa Conceito tem um valor que atinge o ‘Minha Casa, Minha Vida III’, mas com conforto e padrão de imóvel do ‘Minha Casa, Minha Vida I'”, dispara Fernando.

Além disso, a Gram-Eollic dá aos clientes garantia de pelo menos 50 anos de durabilidade da casa, enquanto os órgãos de fiscalização exigem só 20 anos, segundo o presidente da empresa. “Não é só a estrutura da casa que é durável. Até mesmo a pintura das paredes duram muito. É mais fácil a casa ser pintada de novo para dar uma nova cara a ela do que por desgaste”, diz

Esse novo modelo de casa é ecologicamente correto também na economia de materiais. “As construtoras de casas de alvenaria têm muitos desperdícios de argamassa, pedaços de tijolos, madeira e outros materiais. A Casa Conceito reduz esse desperdício drasticamente já que tem um projeto e tudo é feito sob medida”, expõe.

Expectativas

Fernando Ximenes diz esperar que, além das vendas de varejo, sejam fechados contratos com construtoras. “Imagina só um residencial inteiro com casas assim. Nós queremos levar alternativas e conforto para a humanidade, até de outros países, para a África”, estima Ximenes. Segundo ele, o projeto já tem uma patente e está em busca de investidores para trazer a Casa Conceito ao mercado.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Conteúdo Protegido!
%d bloggers like this: