O auditório do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) ficou pequeno na terça-feira (24/01/2017). Todos de olhar fixo no cientista industrial Fernando Ximenes que falou sobre a Usina de Dessalinização a Vácuo Solar Offshore. Segundo ele é necessário a participação de todos para acabar com a receita e os prejuízos da seca. Feito isto, devemos partir para a concretização de uma ação definitiva para a solução do problema da falta d’água, e essa solução existe: É a tecnologia de dessalinização da água do mar a vácuo.

No Estado do Ceará, uma parceria entre empresa e academia foi feita, com o envolvimento de oito pesquisadores da Universidade Federal do Ceará, por meio do Departamento de Integração Acadêmico Tecnológico (DIATEC). Um observatório está sendo instalado na Instituição. A ideia é implantar a primeira Usina de Dessalinização a Vácuo Solar do mundo.

Sobre essa tecnologia da dessalinização da água do mar o pesquisador industrial garante que é economicamente viável. O projeto teria capacidade para abastecer 1,9 milhão de pessoas ou 600 mil residências. A previsão é que o custo de 1 m³ de água potável sairia por R$ 0,13 suficiente para abastecer 600 mil residências ou 1,9 milhão de pessoas. O tamanho da usina seria equivalente a 300 campos de futebol, com investimento inicial de cerca R$ 4 milhões para elaboração do projeto básico e executivo.

Ao final da palestra ficou acertado que a importância dessa tecnologia será apresentada ao Ministério da Integração Nacional e uma possível parceria poderá ser viável. “o que deve haver é investimento e quebra de preconceitos” disse Fernando Ximenes.

Além do diretor de Infraestrutura Hídrica, Roberto Otto Penna Massler, representando o diretor geral do DNOCS, Angelo José de Negreiros Guerra, participaram do encontro o chefe de gabinete, Rogério Nogueira Pinheiro, entidades empresariais, como a FIEC, sindicatos, pesquisadores, prefeitos e um grande número de funcionários.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Conteúdo Protegido!
%d bloggers like this: